Receita líquida da Gerdau atinge R$ 10,4 bilhões no 2º trimestre

Press release

- Receita líquida evolui 5,7% frente ao mesmo período de 2013.
 
- Vendas físicas na América do Norte crescem 6,9% no segundo trimestre, impulsionadas pela evolução da demanda da construção não-residencial.
 
A receita líquida da Gerdau alcançou R$ 10,4 bilhões no segundo trimestre de 2014, uma evolução de 5,7% frente ao mesmo período do ano anterior. Essa expansão se deveu especialmente à continuidade do crescimento da demanda por aço na América do Norte, um dos principais mercados da Gerdau no mundo.
 
As vendas físicas consolidadas, por sua vez, atingiram 4,5 milhões de toneladas de aço, volume 2,4% inferior ao segundo trimestre de 2013. Isso se deveu à redução da demanda por aço no mercado interno brasileiro pela menor atividade econômica no período, à redução das exportações a partir do Brasil e à diminuição das vendas nos demais países da América Latina. No período, a produção consolidada de aço foi de 4,7 milhões de toneladas, mantendo-se em linha com o segundo trimestre do ano anterior. A geração de caixa operacional (EBITDA), de R$ 1,2 bilhão, foi 2,2% inferior frente ao segundo trimestre de 2013, percentual semelhante à variação do lucro líquido consolidado (-2%), que alcançou R$ 393 milhões.
 
“O cenário de excesso de capacidade instalada mundial de aço e de pressão de margens impactou o setor do aço como um todo, que tem vivenciado um momento de volatilidade de resultados. Porém, a estratégia da Gerdau de diversificação geográfica de seus ativos tem contribuído para a maior estabilidade de seu desempenho. Nesse trimestre, a retomada do mercado norte-americano possibilitou diluir o impacto da menor demanda em alguns mercados de atuação da Empresa. Ao mesmo tempo, daremos continuidade ao trabalho de aumento de eficiência operacional nos negócios da Empresa, de otimização do capital de giro frente aos níveis de demanda e de revisão dos investimentos em ativo imobilizado (CAPEX)”, afirma o diretor-presidente (CEO) da Gerdau, André B. Gerdau Johannpeter.
 
Ao longo do trimestre, os mercados atendidos pela Gerdau apresentaram comportamentos distintos. As vendas físicas para o mercado interno brasileiro (não inclui as unidades produtoras de aços especiais), de 1,4 milhão de toneladas, apresentaram redução de 8,9% em relação ao mesmo período do ano anterior, ao passo que as exportações a partir do País apresentaram 17,6% de diminuição, atingindo 216 mil toneladas. Nos Estados Unidos e no Canadá (não inclui as unidades produtoras de aços especiais), foi vendido 1,7 milhão de toneladas, um acréscimo de 6,9% em relação ao segundo trimestre do ano passado, influenciado pela evolução da demanda da construção não-residencial.
 
Nos demais países da América Latina (exceto Brasil), foram comercializadas 631 mil toneladas, 13,1% a menos frente o mesmo período do ano anterior. Já as vendas realizadas pela Operação de Negócio de Aços Especiais (incluindo usinas no Brasil, nos Estados Unidos, na Índia e na Espanha) somaram 749 mil toneladas, volume 2,2% inferior em relação ao segundo trimestre de 2013, impactado principalmente pela redução da produção da indústria automotiva no mercado brasileiro.
 
As vendas de minério de ferro, por sua vez, alcançaram 1,7 milhão de toneladas, um aumento de 94,1% frente ao mesmo período do ano anterior. Desse total, 1 milhão de toneladas foi direcionado para usinas da Gerdau e 715 mil toneladas para o mercado.
 
Investimentos da Gerdau alcançam R$ 478,7 milhões no segundo trimestre
 
Os investimentos em ativo imobilizado (CAPEX) chegaram a R$ 478,7 milhões no segundo trimestre devido à realização de investimentos já anunciados e, no acumulado do ano, a R$ 1,2 bilhão. No Brasil, destaca-se a continuidade dos investimentos para redução de custos e aumento da produtividade das plantas industriais.
 
Nos Estados Unidos, onde há retomada dos níveis de demanda, investimentos estão sendo realizados na usina de Saint Paul (Minnesota), onde entrará em operação um novo lingotamento contínuo, ampliando a capacidade instalada, a qualidade dos produtos e a produtividade da planta. Na unidade de Beaumont (Texas), os investimentos estão voltados para a ampliação da qualidade dos produtos e, em Midlothian (Texas), para o aumento da capacidade instalada. Ainda nos Estados Unidos, no segmento de aços especiais, estão em execução investimentos na usina de Monroe (Michigan) para aumento de sua capacidade de produção da aciaria, laminação e acabamento. Na Argentina, a construção de uma aciaria, com capacidade instalada anual de 650 mil toneladas, segue em andamento.
 
Considerando o cenário de volatilidade de resultados vivenciado pela indústria do aço, a Gerdau revisou o programa de desembolso de investimentos (CAPEX) para 2014, passando de R$ 2,9 bilhões para R$ 2,4 bilhões.
 
Pagamento de dividendos será realizado em 21 de agosto
 
No dia 21 de agosto, as empresas de capital aberto Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. pagarão dividendos relativos ao segundo trimestre de 2014. Serão destinados R$ 102,3 milhões para os acionistas da Gerdau S.A. (R$ 0,06 por ação) e R$ 28,4 milhões para os da Metalúrgica Gerdau S.A. (R$ 0,07 por ação). No primeiro semestre do ano, a remuneração aos detentores dos papéis da Metalúrgica Gerdau S.A. foi de R$ 73,2 milhões (R$ 0,18 por ação) e da Gerdau S.A., R$ 221,6 milhões (R$ 0,13 por ação).
 
Sobre a Gerdau
A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo. Recentemente, passou também a atuar em dois novos mercados no Brasil, com a produção própria de aços planos e a expansão das atividades de minério de ferro, iniciativas que estão ampliando o mix de produtos oferecidos ao mercado e a competitividade de suas operações. Com mais de 45 mil colaboradores, a Gerdau possui plantas industriais em 14 países – nas Américas, na Europa e na Ásia –, as quais somam uma capacidade instalada superior a 25 milhões de toneladas de aço por ano. Além disso, é a maior recicladora da América Latina e, no mundo, transforma, anualmente, milhões de toneladas de sucata em aço, reforçando seu compromisso com o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua. Com mais de 120 mil acionistas, as ações das empresas Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri.
 
Porto Alegre, 30 de julho de 2014.
Assessoria de imprensa - (51) 3323-2170
imprensa@gerdau.com.br
www.gerdau.com
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail