MPE Brasil 2013 revela as melhores práticas de gestão Premiação da etapa nacional anuncia ganhadores

Press release

Os vencedores da etapa nacional do MPE Brasil - Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas serão conhecidos no dia 25 de março. A premiação é uma realização do Sebrae, Movimento Brasil Competitivo (MBC), Gerdau e da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), para incentivar a melhoria da qualidade da gestão nos pequenos negócios. Selecionadas entre 125 empresas de todo o país que conquistaram etapas estaduais do reconhecimento, as organizações foram avaliadas em um universo de 42 mil participantes que concluíram o processo de avaliação proposto. No total, o ciclo 2013 contou com 93 mil inscritas. O objetivo é reconhecer o desempenho de micro e pequenas empresas na gestão de qualidade, com o aumento da produtividade e da competitividade das MPE em todo o país. O resultado final identifica, a título nacional, as organizações que apresentaram as melhores práticas de gestão em oito categorias - indústria, comércio, serviços, turismo, TI, saúde, educação e agronegócio, além dos Destaques de Boas Práticas de Responsabilidade Social e de Inovação. A cerimônia de premiação, em Brasília, contará com a presença do presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barretto; do presidente do Conselho Superior do MBC, Elcio Anibal de Lucca; dos diretores voluntários da entidade, Irani Varella e Marco Polo Mello; do presidente do Conselho de Administração da Gerdau e membro do Conselho Superior do MBC, Jorge Gerdau Johannpeter; além do diretor do Instituto Gerdau e diretor voluntário do MBC, José Paulo Soares Martins. A FNQ estará representada por seu presidente do Conselho Curador, Wilson Ferreira Jr., e pelo diretor superintendente da instituição, Jairo Martins. Estatísticas O volume de empresas interessadas em melhorar a administração do seu negócio em 2013 foi 10% superior ao registrado no ano anterior, reforçando a continuidade na busca pela excelência da gestão por parte dos gestores de MPE. As regiões brasileiras inscreveram, respectivamente: Sudeste (37.157), Nordeste (26.253), Sul (16.314), Centro-Oeste (6.690) e Norte (6.689). Entre os setores de atuação na economia, 55% das inscritas são do Comércio, 20% da área de Serviços e 12% da Indústria. As demais se subdividem entre Agronegócio, Turismo, TI, Saúde e Educação. Do total de inscritas, 57% são microempresas e possuem faturamento de até R$ 360 mil, enquanto 22% são consideradas de pequeno porte com faturamento de até R$ 3,6 milhões. Ao todo, mais de 560 mil empresas já foram impactadas diretamente pelo Prêmio. Destas, 180 mil preencheram o questionário de avaliação e receberam um relatório personalizado com pontos fortes e a indicação de oportunidades de melhoria na gestão. O Prêmio O MPE Brasil funciona como mais um incentivo às micro e pequenas empresas brasileiras na busca pela excelência, reconhecendo iniciativas de empresários que investem em conceitos e práticas de gestão. Para participar, é preciso preencher o questionário de autoavaliação, uma metodologia de avaliação padronizada nacionalmente para a premiação, utilizando critérios do Modelo de Excelência da Gestão® (MEG), desenvolvido pela FNQ. Ao final do processo, as candidatas receberão relatório de diagnóstico da gestão, com pontos fortes e oportunidades de melhoria. Mais informações podem ser encontradas em www.premiompe.sebrae.com.br.
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail