Empreendimentos hidrelétricos no sul de Goiás atraem mais de R$ 2 bilhões

Região Sul do Estado é referência na geração de energia com a implantação de cinco empreendimentos hidrelétricos

A região Sul do Estado de Goiás tem se destacado por receber grandes investimentos de empresas nacionais e multinacionais. Atualmente, essa região é referência na geração de energia com a implantação de cinco empreendimentos hidrelétricos.
 
Os municípios de Caçu, Cachoeira Alta, São Simão e Itarumã são diretamente influenciados pelo processo de implantação das usinas hidrelétricas Caçu (localizada no rio Claro em Caçu), Barra dos Coqueiros (localizada no rio Claro entre Caçu e Cachoeira Alta), Foz do Rio Claro (localizada entre os municípios de Caçu e São Simão), Salto (localizada no rio Verde, entre os municípios de Caçu e Itarumã) e Salto do Rio Verdinho (localizada no rio Verde entre os municípios de Caçu e Itarumã). Cada um desses projetos deve gerar em média 80 megawatts, totalizando  aproximadamente 400 megawatts. Essa energia é suficiente para abastecer uma cidade do porte de Goiânia, que possui cerca de 1,2 milhão de habitantes.
 
As empresas responsáveis pela instalação dos empreendimentos hidrelétricos estão investindo mais de R$ 2 bilhões e, somente na construção do complexo de Caçu e Barra dos Coqueiros, foram gerados cerca de 6 mil empregos diretos e indiretos. “Esses investimentos contribuem para o desenvolvimento dos municípios, gerando mais empregos e renda. Além disso, o Estado também arrecada mais, elevando o seu PIB”, explica o professor de Economia da PUC-GO, Eber Vaz, que é referência nos estudos sobre a economia goiana.
 
A Gerdau está investindo em dois empreendimentos nos municípios de Caçu e Cachoeira Alta. Nessas hidrelétricas, o valor do investimento é de mais de R$ 600 milhões. Juntas, terão a capacidade de produzir 155 megawatts, sendo 65 megawatts na usina hidrelétrica Caçu e 90 megawatts na usina hidrelétrica Barra dos Coqueiros.
 
“Com a chegada desses empreendimentos hidrelétricos a região começa atrair outros empreendimentos industriais e alavancar as ofertas de bens e serviços. Isso gera uma renda elevada e começa a ser um chamariz para novos negócios que alargam o contorno econômico da região”, ressalta Eber Vaz.
 
Como resultado desses investimentos, a receita total nos municípios de Caçu, Cachoeira Alta, São Simão e Itarumã cresceu em média 84% entre os anos de 2006 e 2008, segundo dados do Tribunal de Contas do Município (TCM). Em Caçu, por exemplo, o total das receitas saltou de R$ 9.588.000 em 2006 para R$ 32.677.000 em 2008.
 
Outro nicho de mercado que surge na região é o turismo, já que serão formados cinco lagos com boas perspectivas para prática de esportes náuticos, instalação de clubes, pesca e outras atividades. “Com a formação dos lagos, surgirão demandas em infraestrutura, como hotéis, restaurantes e comércio em geral para atender os turistas que passarem pelas cidades. A região vai se estruturando com o investimento da classe empresarial”, explica o professor.
 
Durante a construção dos empreendimentos hidrelétricos, são desenvolvidos também diversos programas sociais e ambientais nos municípios influenciados diretamente pelas obras. Entre eles, destacam-se projetos de educação ambiental para a comunidade, programas de capacitação e apoio aos municípios nas áreas de saúde, infraestrutura, assistência social e segurança. Essas ações contribuem para o desenvolvimento social e educacional da comunidade local. 
Sobre a Gerdau
 
A Gerdau é líder na produção de aços longos nas Américas e uma das maiores fornecedoras de aços longos especiais no mundo. Possui presença industrial em 14 países, com operações nas Américas, na Europa e na Ásia, as quais somam uma capacidade instalada superior a 20 milhões de toneladas de aço. É a maior recicladora da América Latina e, no mundo, transforma milhões de toneladas de sucata em aço. Com mais de 140 mil acionistas, as empresas de capital aberto da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (Bovespa: GGBR4, GGBR3, GOAU4, GOAU3 e AVIL3), Nova Iorque (Nyse: GNA, GGB), Toronto (GNA: TO), Madri (Latibex: XGGB) e Lima (BVL: SIDERC1).
 
Assessoria de Imprensa – (51) 3323-2170
imprensa@gerdau.com.br
www.gerdau.com 
 
Terça-feira, 9 de fevereiro de 2010.
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail