Vencedores da 24º edição do Prêmio Gerdau Melhores da Terra recebem homenagem

Em 24 anos de existência, o Prêmio Gerdau Melhores da Terra recebeu mais de 1.300 inscrições

Os onze vencedores do Prêmio Gerdau Melhores da Terra 2006 serão homenageados hoje, dia 30 de agosto às 11h 30 na Gerdau Riograndense (Av. Borges de Medeiros, 640 – Sapucaia do Sul). Serão reconhecidas 9 máquinas e equipamentos agrícolas e dois trabalhos científicos. Em 2006, a premiação contou com a participação de 92 inscritos.
 
A categoria Novidade, um reconhecimento aos produtos apresentados após a Expointer 2005 e participantes dessa edição da feira, alcançou recorde histórico de inscritos se comparado com as edições anteriores. Participaram nesse ano 35 novos produtos. Já a categoria Destaque, que avalia as máquinas e equipamentos que estão no mercado há mais de um ano, contou com 31 inscritos. Na categoria Pesquisa e Desenvolvimento, que completa três anos, teve 26 trabalhos.
 
Em 24 de prêmio, participaram 1.314 inscritos e foram concedidas 172 premiações. A partir de 1994, a comissão julgadora percorreu 487 mil quilômetros entre os países do Mercosul, avaliando os produtos participantes na categoria Destaque. Com essa quilometragem é possível dar 12 voltas completas ao redor da Terra. Mais de 4,4 mil usuários de máquinas e equipamentos foram entrevistados neste período.
 
O Prêmio Gerdau Melhores da Terra conta com o apoio da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Rio Grande do Sul, da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento do Paraná, do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária da Argentina (INTA), do Instituto de Investigações Agropecuárias do Chile (INIA) e da Expointer.

OS VENCEDORES
 
CATEGORIA DESTAQUE
 
A grande vencedora é a colhedora Case IH Axial-Flow Modelo 2388. Cinco equipamentos foram destacados nessa categoria, sendo dois prêmios especiais.
 
O troféu Ouro foi conferido à colhedora Case IH axial-flow Modelo 2388, da empresa CNH Latin América Ltda, de Curitiba (PR). Esta máquina permite a colheita do feijão em escala, por colher de forma direta os grãos, o que representa um avanço tecnológico na colheita dessa cultura. A utilização desse equipamento resulta em uma colheita de grãos de alta qualidade, livres de danos e impurezas.
 
Uma empresa argentina, a Industrias Metalúrgicas Cestari, localizada em Colón (Buenos Aires), levou um dos dois troféus Prata com o Acoplado Tolva Autodescargable 15000 L / Modelo XXI EURO. A máquina é utilizada para o transporte de cereais na lavoura e facilita a logística de movimento dos produtos no campo. Além disso, reduz o tempo necessário para o transporte, pois descarrega a carga enquanto o equipamento ainda está em movimento. O resultado é maior economia nos custos de produção, além de contribuir para a preservação do meio ambiente, pois minimiza o risco de compactação do solo.
 
A Indústria de Implementos Agrícolas Siltomac Ltda, de São Carlos (SP) também foi reconhecida com o troféu Prata. A Misturadora de Ração Total-Automatizada Modelo Estacionário se destaca pela sua elevada capacidade operacional que permite ao produtor misturar componentes da ração para alimentar até 15 mil animais, eliminando a necessidade de utilização de equipamentos adicionais. A utilização dessa máquina resulta na produção de uma ração com mais qualidade e que contribui efetivamente para um melhor ganho de peso dos animais.
 
O Troféu Novas Tendências foi entregue para dois equipamentos que atendem as necessidades geradas pelo novo contexto da agricultura brasileira com a expansão da cultura de cana-de-açúcar para novas áreas, antes destinadas ao plantio de grãos. Foram premiadas a colhedora de cana Santal Tandem, da Santal Equipamentos S.A. Comércio e Indústria, de Ribeirão Preto (SP), e o Uniport 3000 NPK Canavieiro, da Máquinas Agrícolas Jacto S.A., de Pompéia (SP).
 
A colhedora Santal Tandem é equipada com um sistema de rodas inovador para essa categoria, o Tandem. Este sistema incorpora as vantagens das esteiras metálicas e dos pneus simples, oferecendo estabilidade longitudinal e distribuição homogênea do peso da máquina no solo. Essas características permitem maior facilidade de manobras na lavoura. A colhedora de cana Santal Tandem atende tanto a necessidade de maior produção quanto aos requisitos de preservação ambiental.
 
Já o Uniport 3000 NPK Canavieiro é um veículo distribuidor de fertilizantes sólidos com características únicas no país. O equipamento, ainda novo no mercado, permite a realização de aplicações, aliando três fatores essenciais: ampla variação de doses, taxas variadas e alta velocidade. Essa configuração associada ao elevado vão livre entre a máquina e o solo possibilita a aplicação dirigida nas linhas de cana-de-açúcar, independente da altura da planta em seu estágio intermediário de crescimento.

CATEGORIA NOVIDADE
 
Quatro prêmios são conferidos na Categoria Novidade, que registrou recorde histórico de inscritos nos 24 anos de premiação: 35 empresas participantes com 40 produtos.
 
O Troféu Ouro foi da Semeadora PH3 Hydro, um equipamento inovador voltado para o segmento da agricultura familiar. O seu diferencial é a utilização de tecnologia de ponta em uma máquina de pequeno porte, aliando qualidade e facilidade das operações. O equipamento é fabricado pela Semeato S.A. Indústria e Comércio, localizada em Passo Fundo (RS).
 
Uma das vencedoras do Troféu Prata, a Planner 710 Canavieira, destaca-se pela excelência de seu projeto, que alia qualidade do processo de fabricação e um sistema hidráulico diferenciado. Essas características dão à máquina mobilidade na lavoura, proporcionando ao operador uma variedade maior de manobras e movimentos. A versatilidade do equipamento também é outro ponto positivo, pois apesar de ter sido fabricada para operar principalmente em plantações de cana-de-açúcar, adapta-se perfeitamente em lavouras de outras culturas. O equipamento é fabricado pela GTS do Brasil Ltda, de Lages (SC).
 
O pulverizador de defensivos agrícolas Porter 800ST, fabricado pela Kuhn Metasa, de Passo Fundo (RS), é outro premiado com o Troféu Prata. Apresenta, entre outros atributos, conformidade com normas técnicas nacionais e internacionais. Além disso, a qualidade de fabricação, reconhecida pelo acabamento da máquina, e o preço acessível tornou o equipamento usual no segmento da agricultura familiar.
 
O Prêmio Especial da categoria Novidade é entregue para o Pulverizador Cosmo H 4.0, da PLA Maquinas Pulverizadoras e Fertilizadoras Ltda. A empresa argentina, com filial em Canoas (RS), é reconhecida pela ampliação de sua capacidade industrial no exterior. A PLA instalou-se no Brasil com o foco de produzir pulverizadores para grandes áreas e atender o mercado do Mercosul e da Europa. O equipamento se destaca pela capacidade operacional e precisão com tecnologia de ponta.

CATEGORIA PESQUISA E DESENVOLVIMENTO
 
Pesquisadora argentina é reconhecida no nível profissional enquanto dois brasileiros, estudante e orientador, são o destaque no nível estudante .
 
No nível profissional foi premiado o estudo do Instituto de Ingenieria Rural da Argentina, “Costo Maq – Nueva versión 1.1: Software para la gestión integral de la maquinaria agrícola” realizado pela pesquisadora Lídia Beatriz Donato (Buenos Aires, Argentina).
 
Consiste em um software de fácil navegação para gerenciar o desempenho das máquinas no campo e que permite ao produtor rural um melhor controle técnico dos equipamentos e redução de custos. O software possibilita a criação de uma base de dados sobre a lavoura com informações sobre máquinas, implementos, insumos, infra-estrutura e mão-de-obra. Os dados são levantados e armazenados, os quais podem ser atualizados a qualquer momento. O produtor, então, pode identificar quais tarefas consumiram mais recursos, além de poder comparar os resultados estimados antes da colheita com os obtidos no final, especialmente nos pontos capacidade operacional e consumo de combustível.
 
O trabalho vencedor do nível estudante foi o Sistema Automático de Baixo Custo para Condução Racional da Aeração de Grãos de Milho em Pequenas Propriedades, desenvolvido pelo estudante Ariangelo Hauer Dias, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (PR), e pelo orientador Antoni Martin Biaggioni, da Universidade Estadual Paulista (SP). Com o objetivo de disponibilizar uma solução eficiente e econômica para o gerenciamento de silos de médio e pequeno porte, foi desenvolvido um sistema automático para controlar a aeração.
 
Esse fator é essencial para manter a qualidade dos grãos de milho armazenados. Isto porque a injeção de ar ajuda a reduzir a temperatura dos grãos permitindo sua conservação por mais tempo. Um equipamento eletrônico colhe os dados necessários para o controle, enquanto um software armazena, processa e controla esses dados.
 
Assessoria de Imprensa – (51) 3323-2170
imprensa@gerdau.com.br
www.gerdau.com
 
Quarta-feira, 30 de agosto de 2006 
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail