Unidades de corte e dobra da Gerdau otimizam atendimento a clientes no Brasil

Entre as melhorias implantadas estão a adoção de novas tecnologias e processos internos, a utilização do monitoramento online de cargas e o reforço na qualificação das equipes de vendas

A Gerdau, líder na produção de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços longos especiais do mundo, realizou recentemente uma pesquisa com mais de 500 técnicos de construção civil no país para detalhar as necessidades do mercado de aço cortado e dobrado. A partir da análise dos resultados, a Empresa iniciou a implantação de melhorias na gestão de suas 39 unidades de corte e dobra de aço no Brasil e pretende levar o conjunto de práticas para as outras 70 unidades de corte e dobra de aço que a Gerdau possui no exterior.

Entre as práticas que estão sendo implantadas nas unidades de corte e dobra da Gerdau no Brasil estão a adoção de novas tecnologias e processos internos diferenciados, a implantação de sistemas de monitoramento online das entregas e o reforço na qualificação das equipes de vendas e de atendimento técnico às construtoras. A previsão é que todas as unidades do Brasil estejam capacitadas no novo modelo até 2015.

O sistema de aço cortado e dobrado possibilita entregar o aço em quantidades, formatos e tamanhos necessários para a obra, de acordo com cada projeto. Junto com os produtos prontos para aplicação, como colunas, telas e treliças, o sistema corte e dobra proporciona reduções de até 15% no gasto com produtos de aço, aumentando a produtividade no processo de produção das armaduras em até 70%.

Em 2012, no Brasil, mais de duas mil obras foram atendidas pelas unidades de corte e dobra da Gerdau no país. “A Gerdau é pioneira no desenvolvimento de soluções industrializadas para a construção civil no Brasil e conta com uma equipe de engenheiros que trabalha em parceria com as construtoras para definir o melhor tipo de produto para cada projeto. Dessa forma, a Gerdau entrega produtos sob medida e oferece assistência técnica com engenheiros especializados”, ressalta José Falcão Filho, diretor de Vendas e Marketing da Gerdau.

Na construção civil, os produtos podem ser utilizados tanto em empreendimentos comerciais e residenciais térreos, quanto em edifícios com até 30 pavimentos. Atualmente, uma das aplicações do sistema corte e dobra é para a construção e modernização de todos os estádios de futebol que sediarão a Copa do Mundo de 2014, como a Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), a Arena Corinthians, em São Paulo (SP) e o Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), onde a solução tem permitido eliminar o desperdício de material e otimizar o trabalho no canteiro de obras. Além disso, o sistema industrializado da Gerdau também tem sido empregado em diversas obras de infraestrutura, como a construção da Ferrovia Transnordestina (PE) e um trecho da Ferrovia Leste-Oeste (BA).

Sobre a Gerdau
 
A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços longos especiais do mundo. Com mais de 45 mil colaboradores, possui operações industriais em 14 países – nas Américas, na Europa e na Ásia –, as quais somam uma capacidade instalada superior a 25 milhões de toneladas por ano. É a maior recicladora da América Latina e, no mundo, transforma, anualmente, milhões de toneladas de sucata em aço, reforçando seu compromisso com o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua. Com de mais de 130 mil acionistas, a Gerdau está listada nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri.
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail