Semana Especial Gerdau Germinar reúne 150 estudantes

Press release

Entre os 17 e 20 de novembro, alunos das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) de Ouro Branco, Conselheiro Lafaiete e Congonhas e da Escola Estadual de Ensino Especial Professor Maria Correa Coutinho participaram da oitava edição da Semana Especial Gerdau Germinar.
 
Os 150 alunos com necessidades especiais e seus educadores realizaram atividades diferenciadas e adaptadas, promovidas no Biocentro Gerdau Germinar, das 8h30 às 15h. As crianças, adolescentes e adultos percorreram a trilha ecológica, se envolveram em dinâmicas, teatro de fantoche, oficinas de arte e dança. Durante todas essas ações foram trabalhados temas como sustentabilidade e meio ambiente.
 
De acordo a diretora pedagógica da Apae de Congonhas, Olívia Filomena Morais Lou, a iniciativa foi muito válida e produtiva. “A integração da pessoa com deficiência nas questões ambientais deve ser considerada um direito que irá permitir múltiplos benefícios, nas áreas física, intelectual e sensorial”, afirma. Ela completa que o contato com a natureza tem se revelado um fator importantíssimo para o desenvolvimento cognitivo dos alunos.
Terezinha Xavier do Amaral, diretora da Escola Estadual de Educação Especial Professora Maria Corrêa Coutinho, de Ouro Branco, também conta que as atividades são muito bem recebidas pelos alunos e contribuem para o desenvolvimento de cada um deles. “A Semana Especial proporciona muitos momentos de alegria, recreação, aprendizado e melhora muito a socialização dos participantes”, diz. ´

A Semana Especial Gerdau Germinar é realizada anualmente pelo Programa Gerdau Germinar e recebe alunos de instituições de ensino da região de Ouro Branco.
 
Sobre o Programa Gerdau Germinar
 
Realizado em conjunto pelo Instituto Gerdau e pela área de Meio Ambiente da Empresa, o Programa Gerdau Germinar é uma iniciativa voltada para a prática da educação e conservação ambiental e reforça o compromisso da Empresa com o desenvolvimento sustentável das regiões em que atua. Desde o ano de lançamento do programa, em 1990, mais de 250 mil pessoas foram beneficiadas pelas ações do projeto. Além de cursos para educadores, a iniciativa oferece ainda oportunidades de visitas técnicas, eventos, palestras, oficinas e projetos socioambientais nas escolas, abrangendo alunos e professores das redes de ensino da região de Ouro Branco.
O Programa dispõe de um centro de educação ambiental - o Biocentro Gerdau Germinar - com 48 hectares de áreas preservadas e estrutura adequada para atendimento aos visitantes. Conta ainda com a Praça dos Biomas, na qual os visitantes podem conhecer de perto a representação de alguns dos mais importantes ecossistemas brasileiros: Cerrado, Campos Rupestres, Mata Atlântica, Restinga, Caatinga e Campos de Altitude. O Biocentro também atende colaboradores da Gerdau com ações para motivar a atuação responsável em todos os ambientes, como oficinas, reuniões e treinamentos no Sistema de Gestão Ambiental.
 
Sobre a Gerdau
 
A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo. No Brasil, também produz aços planos e minério de ferro, atividades que estão ampliando o mix de produtos oferecidos ao mercado e a competitividade das operações. Com mais de 45 mil colaboradores, a Gerdau possui plantas industriais em 14 países – nas Américas, na Europa e na Ásia –, as quais somam uma capacidade instalada superior a 25 milhões de toneladas de aço por ano. Além disso, é a maior recicladora da América Latina e, no mundo, transforma, anualmente, milhões de toneladas de sucata em aço, reforçando seu compromisso com o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua. Com mais de 120 mil acionistas, as ações das empresas Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri.
 
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail