Projeto dos Bancos Sociais será apresentado a empresários pernambucanos

O evento será realizado nesta quarta-feira, 23 de janeiro, no auditório da sede da Fiepe, às 11h, na avenida Cruz Cabugá, 767, Santo Amaro

O Grupo Gerdau, em conjunto com a Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe) e o movimento Ação Empresarial, apresentará para empresários pernambucanos uma iniciativa já realizada com sucesso no Rio Grande do Sul: o Banco Social. O evento será realizado nesta quarta-feira, 23 de janeiro, no auditório da sede da Fiepe, às 11h, na avenida Cruz Cabugá, 767, Santo Amaro.
 
O objetivo do Instituto Gerdau, que coordena as políticas e diretrizes do Grupo Gerdau na área de responsabilidade social, é sensibilizar as empresas e indústrias de Pernambuco para a importância da iniciativa e lançar a pedra fundamental para o início de um projeto do tipo no Estado. O case será apresentado pelo diretor superintendente da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais, Paulo Renê Bernhard, e por Paulo Sérgio Lins, gerente executivo da Gerdau Açonorte, usina siderúrgica do Grupo Gerdau instalada no Estado.
 
A Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais tem como meta transformar o desperdício em beneficio social, oferecendo às comunidades carentes excedentes industriais dos mais diversos segmentos, como vestuário, alimentação e mobiliário, além de proporcionar cursos de capacitação, treinamento, e principalmente introduzir as técnicas de "Gestão Empresarial" ao terceiro setor.
 
O primeiro Banco Social foi criado há sete anos pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) para distribuir o excedente produzido por indústrias gaúchas do setor alimentício. Neste período, já foram doados oito milhões de quilos de produtos. Mensalmente, são atendidas 382 instituições, atingindo diretamente cerca de 500 mil pessoas.

Assessoria de Imprensa – (51) 3323-2170
imprensa@gerdau.com.br
www.gerdau.com
 
Terça-feira, 22 de janeiro de 2008 
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail