Projeto Comunidade + Arte beneficia mais de 600 pessoas em 2014

A iniciativa foi realizada pela Fundação de Artes de Ouro Preto (FAOP) em Mota e Miguel Burnier, com o apoio da Gerdau

No último ano, mais de 600 pessoas das comunidades de Miguel Burnier e Mota, distritos de Ouro Preto (MG), participaram das oficinas do Comunidade + Arte, iniciativa da Fundação de Artes de Ouro Preto (FAOP), em parceria com a Gerdau.  Mais de 40 atividades foram desenvolvidas em 2014, entre os alunos das escolas públicas, membros da comunidade e educadores.
As ações foram estruturadas para fortalecer a valorização e a preservação da história e do patrimônio das localidades, bem como promover o desenvolvimento social por meio da cultura. Para tanto, foram realizadas as oficinas “Patrimônio e Cidadania”, “Tapete + Arte”, “Tapume + Arte” e “Conhecer os Sentidos”, cursos de musicalização e dança, bordado, cerâmica, pintura, capoeira, monotipia e apresentações culturais.

O trabalho começou ainda em 2013, por meio de um diagnóstico da cultura local. Já no ano seguinte, foi possível estabelecer uma programação que atendesse esse levantamento. De acordo com o diretor de Promoção e Extensão Cultural da Faop, Celmar Ataídes Junior, “ o Comunidade + Arte promoveu  a cultura viva de Mota e Miguel Burnier por meio da valorização das riquezas materiais e imateriais, a partir dos espaços culturais e das escolas de cada localidade”, afirma.
O diretor conta que ao longo de 2014, os estudantes foram envolvidos nas diversas atividades, realizadas no contraturno escolar. “Esse foi um trabalho revelador, percebemos como a arte é capaz de transformar as pessoas”. Celmar explica que as ações extracurriculares repercutiram em sala de aula, refletindo no desenvolvimento do aluno. “Fazíamos um acompanhamento pedagógico multidisciplinar e percebemos que houve uma importante evolução entre os estudantes”, diz.
Para se estabelecer um contato mais próximo com a comunidade, foi criada a Rede de Articulação. “Esse era um espaço de escuta, que culminava em respostas práticas”, explica o diretor da Faop. Um dos resultados desses encontros foi a Biblioteca Viva, que foi revitalizada na estação ferroviária de Miguel Burnier e aberta a todos os moradores.
 
Sobre o Comunidade + Arte
O município de Ouro Preto, maior conjunto barroco do mundo e Patrimônio Cultural da Humanidade, possui em seu entorno comunidades que também possuem uma rica história, como os distritos de Miguel Burnier e Mota. Dessa forma, o projeto visa realizar atividades ligadas ao patrimônio para fomentar a apropriação dos bens culturais pelos cidadãos, bem como a transformação social por meio da arte e da cultura. O resultado engloba formação em arte e geração de renda para cidadãos de diferentes faixas etárias.
 
Sobre a Gerdau
A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo. No Brasil, também produz aços planos e minério de ferro, atividades que estão ampliando o mix de produtos oferecidos ao mercado e a competitividade das operações. Com mais de 45 mil colaboradores, a Gerdau possui plantas industriais em 14 países – nas Américas, na Europa e na Ásia –, as quais somam uma capacidade instalada superior a 25 milhões de toneladas de aço por ano. Além disso, é a maior recicladora da América Latina e, no mundo, transforma, anualmente, milhões de toneladas de sucata em aço, reforçando seu compromisso com o desenvolvimento sustentável das regiões onde atua. Com mais de 120 mil acionistas, as ações das empresas Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri.
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail