Instituto Gerdau participa de evento para estimular apoio à Criança e ao Adolescente na Bahia

O Grupo Gerdau, por meio do Instituto Gerdau – responsável pelas ações sociais da empresa – participou do I Seminário Estadual do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizado dia 5 de outubro, no Pestana Bahia Hotel, em Salvador (BA)

Estimular empresas e pessoas físicas a contribuir com o Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente. Com este objetivo, o Grupo Gerdau, por meio do Instituto Gerdau – responsável pelas ações sociais da empresa – participou do I Seminário Estadual do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizado dia 5 de outubro, no Pestana Bahia Hotel, em Salvador (BA).
 
A iniciativa foi realizada pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CECA), em conjunto com o Fundo Estadual de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Fecriança), e contou com a participação de representantes empresariais e governamentais, além de entidades do Terceiro Setor. No evento, o gerente do Instituto Gerdau, Clódis Xavier, apresentou o case do Fundo Pró-Infância dos Profissionais Gerdau, que já arrecadou, desde 1999 até setembro de 2007 R$ 18 milhões, utilizados em prol de crianças e adolescentes em situação de risco.
 
Xavier explicou os detalhes do funcionamento do projeto, que destina recursos a ações e entidades voltadas para a melhoraria a qualidade de vida, garantia da educação, moradia e saúde, encaminhamento ao mercado de trabalho, resgate da cidadania e inclusão social de crianças e adolescentes. As contribuições são realizadas por meio do imposto de renda devido, de acordo com a lei federal do Funcriança nº. 8069 de 13/07/90. As pessoas físicas que declaram no modelo completo podem doar até 6% do imposto devido, e as pessoas jurídicas tributadas com base no lucro real podem doar até 1% do imposto devido, com alíquota de 15%. O objetivo da participação do Instituto Gerdau no Seminário é apresentar o case para estimular outras pessoas físicas e jurídicas a contribuir, utilizando este recurso.
 
“Queremos disseminar e multiplicar essa ação, trazendo ao empresariado e sociedade conhecimento sobre esta possibilidade de doação”, pontuou o gerente do Instituto. Através das doações da própria Gerdau, responsável por R$ 11, 7 milhões do montante arrecadado desde 1999, e dos colaboradores da empresa, que contribuíram com R$ 6,3 milhões, 209 entidades já foram beneficiadas pelo Fundo Pró-Infância, que auxiliou 43 mil crianças desde sua criação. Em 2007, a meta é que o Fundo esteja beneficiando 30 mil crianças e 200 entidades, até o final do ano.
 
Estiveram presentes no I Seminário do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente autoridades como o secretário Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo Tarso Vannuchi, o vice-governador da Bahia, Edmundo Pereira, a primeira-dama do Estado, Fátima Mendonça, o secretário estadual da SEDES e presidente do Conselho Estadual de Direitos da Criança e do Adolescente, Valmir Assunção, Lícia Maria Oliveira, do Ministério Público, a gestora do Fundo Estadual de Atendimento à Criança e ao Adolescente, Tânia Almeida, entre outros.

Assessoria de Imprensa – (51) 3323-2170
imprensa@gerdau.com.br
www.gerdau.com
 
Sexta-feira, 5 de outubro de 2007
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail