Grupo Gerdau e ALL inauguram novo ramal ferroviário em Araucária

Foram investidos R$ 2,6 milhões para a construção desse ramal, em aproximadamente 2.400 metros. A obra envolveu 120 pessoas, entre colaboradores e prestadores de serviço e consumiu 300 toneladas de aço

A Gerdau Guaíra (PR) inicia hoje operação de seu ramal ferroviário, construído em parceria com a América Latina Logística (ALL), que possibilita o acesso direto da unidade à rede ferroviária para escoamento da produção e recebimento de matérias-primas.
 
Foram investidos R$ 2,6 milhões para a construção desse ramal, em aproximadamente 2.400 metros. A obra envolveu 120 pessoas, entre colaboradores e prestadores de serviço e consumiu 300 toneladas de aço.
 
O volume movimentado inicialmente pelo ramal deve ultrapassar 120 mil toneladas por ano. Essa operação aumenta a competitividade da unidade, racionaliza custos e amplia a segurança em todo processo logístico. Antes do novo desvio, era necessário o transporte rodoviário dos tarugos, o que dispendia três horas entre o carregamento e o deslocamento. Agora, o carregamento de cada vagão leva apenas cinco minutos. “A opção ferroviária também proporciona maior segurança ao transporte de cargas”, acrescenta Marcelo Schmitt, diretor de logística do Grupo Gerdau. O gerente-executivo da Gerdau Guaíra, Rubens Kuhl, destaca ainda que “o beneficio se estende aos clientes, meio ambiente e à própria comunidade local, pela maior competitividade desta operação, particularmente no mercado de exportação”.
 
“Além de ampliar a movimentação em um cliente importante como a Gerdau, o novo desvio permitirá à ALL crescer no segmento siderúrgico, um dos alvos da unidade de industrializados em 2006”, revela Alexandre Campos, diretor de Negócios Industrializados da América Latina Logística.

Produtos de aço da Gerdau agilizam a execução da obra e garantem qualidade na solução
 
As obras de construção do novo ramal ferroviário ganharam maior agilidade e produtividade por utilizarem os Perfis Dormentes Gerdau e os Perfis Gerdau Açominas.
 
Os dormentes metálicos, utilizados para apoio e sustentação dos trilhos da ferrovia, são uma opção ecologicamente correta por serem recicláveis. Apresentam vantagens significativas em relação às demais opções desse segmento: menor peso por peça, maior durabilidade, maior facilidade de implantação e menor custo de reposição.
 
Os Perfis Gerdau Açominas foram usados para sustentação e contenção da ponte rodoferroviária. O aço utilizado na produção dos perfis proporciona maior resistência com menor peso. Esses perfis também são utilizados na fabricação de estruturas metálicas, cuja aplicação abrange, além de obras destinadas à construção civil, as estruturas de plataformas marítimas, embarcações, chassis de veículos, equipamentos e máquinas.
 
Recentemente, também foi instalado um Galpão Fácil Gerdau na unidade. O produto está sendo utilizado como oficina mecânica para máquinas móveis da Gerdau Guaira. O galpão, de 750 metros quadrados, é concebido em estrutura metálica de construção rápida e adequado para instalações de apoio a operações de armazenagem e serviços.
 
Assessoria de Imprensa – (51) 3323-2170
imprensa@gerdau.com.br
www.gerdau.com
 
Quarta-feira, 31 de maio de 2006 
 
 
« Back
De
Nome
Para
Nome
E-mail